Portugal PT
Alterar país

Rotação dos pneus

Rotação de pneus: efectue a rotação dos seus pneus a cada 10.000 a 12.000 km ou a cada seis meses

Rotação dos pneus

A rotação dos pneus ajuda a obter um desgaste uniforme em todo o conjunto. O desgaste regular pode ajudar a aumentar a vida útil dos seus pneus e a conseguir uma condução e tracção equilibradas. Uma rotação regular dos pneus pode ajudar a manter uma condução estável. É recomendado efectuar a rotação a cada segunda mudança de óleo.

Por que deve efectuar a rotação dos pneus? Os pneus na dianteira do veículo têm normalmente um desgaste mais rápido do que os da traseira. Se mudar a respectiva posição com frequência, tal ajuda a obter um desgaste mais regular e a atingir a vida útil máxima do piso. Tenha em atenção que a rotação dos pneus não corrige problemas de desgaste provocados por pressão incorrecta.

Com que frequência necessitam de rotação? A cada segunda mudança de óleo (aproximadamente, a cada 10.000 a 12.000 km), é recomendada a rotação dos pneus. Se conduzir com regularidade a alta velocidade, transportar cargas pesadas ou conduzir durante longas distâncias, a tensão adicional poderá implicar rotações ligeiramente mais frequentes. Deve efectuar a rotação o mais rápido possível, caso detecte qualquer desgaste irregular. Se emitirem um zumbido enquanto conduz numa estrada de piso regular, poderá estar na altura de verificar se é necessário efectuar a rotação.

Posso ser eu a fazer a rotação dos pneus? Uma vez que é importante que os pneus sejam correctamente colocados, recomendamos que a rotação seja efectuada por um profissional, no seu revendedor ou numa oficina. Mas é bastante fácil e é boa ideia compreender o procedimento, mesmo que opte por um profissional. Não são necessárias ferramentas de especialistas, apenas espaço e algumas horas.

Consulte sempre o manual de proprietário do veículo para verificar as recomendações do fabricante do veículo.

É recomendado que a rotação dos pneus siga os padrões apresentados abaixo.

Deve efectuar a rotação da traseira para a dianteira, apenas se os pneus tiverem todos o mesmo padrão (padrões A-D)

Alguns veículos estão equipados com pneus e rodas de tamanhos diferentes nos eixos dianteiro e traseiro. Nesse caso, é sugerido o padrão E (se estiverem colocados pneus não direccionais)

Ao efectuar a rotação dos pneus com padrão direccional do piso, observe sempre as setas moldadas no flanco. Estas setas indicam a direcção de rodagem do pneu, que tem de ser cuidadosamente respeitada. Em caso de pneus direccionais do mesmo tamanho, poderá ser seguido o padrão A.

Os veículos que utilizam pneus ou rodas direccionais de tamanhos diferentes com extremidades dianteira e traseira diferentes com pneus direccionais irão requerer desmontagem, montagem e recalibração, para efectuar correctamente a rotação dos pneus. Consulte sempre as recomendações do fabricante do veículo, no manual do proprietário do veículo.